Play List – Gosto Musical de 40 Anos

20131022-062441.jpg

Eu já sei que não sou normal, mas agora estou começando a perceber acreditar que na verdade sou uma chata.

Enquanto todas as minhas amigas gostam de Lady Gaga e Katy Perry eu gosto de Chico Buarque e Rita Lee. Sou do rock e amo Marisa Monte.

Gosto do som da guitarra, espero ansiosa a entrada da bateria e me perco na voz da Marisa. Não uso preto nem bota coturno, nem pircing ou tatuagem por todo corpo e muito menos pertenço à uma sociedade alternativa que frequenta a Augusta. Sou apenas uma menina romântica.

Outro dia lendo um Playlist comecei a pensar nas músicas que eu gosto e quase tive um treco!! Parece que meu gosto musical tem 40 anos!!!

Minhas músicas preferidas são:

Infinito Particular – Marisa Monte

A soma perfeita da voz da Marisa Monte com os acordes, nada convencionais, me transportam para outra dimensão!

Unforgiven – Metallica

O início dessa música é simplesmente estonteante!!

Dançando – Agridoce

É a Pitty em um estilo mais romântico e uma batida menos rock in roll. Sou fã da voz e das letras dela!!

Exato Momento – Zé Ricardo

Adoro tema de novela!

Pura Bossa Nova – Sérgio Brito e Rita Lee

Ficou uma delícia essa combinação!!

Fazer o que? Gosto de perceber os instrumentos usados, sentir os acordes na alma e sonhar com a canção.

Bijinhos
Nina

Brigas…

20130906-093850.jpg

Detesto brigar!!
Acho que é porque não sei usar a meu favor os acontecimentos… É eu não sou boa de argumentos e muito menos de negociação. Parto logo para as cabeças tudo ou nada, choro ou silêncio.

Ontem meus pais brigaram e eu corri pro meu quarto, como se eu ainda tivesse 3 anos. Coloquei meu fone de ouvido numa música bem alta e me enfiei debaixo das cobertas para me proteger. Tudo porque não ouvir a gritaria.

É um tal de “É VOCÊ… EU? EU NÃO!!! NÃO MESMO!! É VOCÊ!!” e todas as portas batendo. Tenho a sensação de que vou encontrar minha casa destruída quando a briga acabar. E agora será uma semana, ou mais, de cara amarrada um com o outro e conversas monossilábicas com o restante da casa.

Sei que isso faz parte de qualquer relacionamento, mas me dá um medo de ter que viver isso… Quando eu fico nervosa falo muito palavrão e grito, como grito, porém não sei ser fria e racional acabo perdida e muitas vezes me sentindo errada culpada por toda a briga, mesmo quando estou com a razão.

E depois da briga? É pior ainda!! Eu já fico toda angustiada se meu irmão fica sem falar comigo por meia hora, imagina com um namorado ou com um marido? Ai ai ai…Vou pirar!!!!

Meu fim está traçado vou ficar para titia mesmo. É mais seguro e não terei que me expor à ninguém.

Antes a solidão do que a discussão!! Será? Estou precisando voltar pra terapia!! Afe, como essas brigas ainda mexem comigo…

Beijinhos,
Nina