Desabafo de Uma Mulher… na TPM

Normalmente sou uma pessoa muito paciente e bem resolvida com minhas escolhas. Decidi ser mãe em tempo integral, mas com isso tive que abrir mão de algumas comodidades no dia a dia. Não tenho cozinheira, nem babá, nem faxineira e muito menos passadeira. Tenho apenas um anjo que me socorre sempre que a coisa aperta e o dinheiro sobra, que vem e apaga o fogo, nada regular ou constante.

Não estou reclamando, como já disse, minhas escolhas foram conscientes e mesmo assim tem coisas que me irritam…

Me irrita ter que pensar em toda a logística e ainda ser chamada de chata e controladora;
Me irrita ter que decidir o cardápio as 8 horas da manhã, para que o tempo seja compatível;
Me irrita ter alguém chamando mamãe enquanto chora, por pura falta de opção do que dizer;
Me irrita ter que dividir meu tempo em 4, sendo que nenhuma parcela dele será dedicada à mim, nem por 5 minutos de puro ócio;
Me irrita ter que estar linda e disponível o tempo todo, como se fosse responsabilidade MINHA a fidelidade DELE;
Me irrita não poder contar com minha mãe, que está sempre muito ocupada com seus compromissos e se esquece que precisou de ajuda quando eu era pequena;
Me irrita ter que explicar para as pessoas o porquê escolhi ficar em casa e abrir mão de uma “carreira brilhante”;
Me irrita não poder jantar com uma amiga sem que para isso tenha que acionar a NASA para me ajudar com as crianças;
Me irrita não ter o mínimo de privacidade, não conseguir tomar banho e nem ir ao banheiro, fazer cocô, sozinha;
Me irrita não ser capaz de mudar isso e ainda ter que explicar o porquê que essas coisas me irritam!!

Em um dia comum respiro fundo e sigo em frete, mas na TPM…

Tenho vontade de BERRAR!!!

20131022-005832.jpg

Malu

Anúncios